Aviso...

Aos meus fiéis 5 leitores diários!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Aos amigos leitores eventuais
E aos visitantes esporádicos
Como já disse, estou saindo de férias
E ando em estado de êxtase e isso me tem privado o raciocínio
Ando repetitiva com essa fixação paranóica psicótica
férias, férias FÉRIASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
Então, amados
Vou ausentar-me
Contra a minha vontade
Furtar-me-ei do convívio diário cibernético
Mas por favor
Não se desesperem
Não se descabelem (palavrinha feia, hien?
Não chorem
Não morram de saudade
Ou melhor, não morram de jeito nenhum
Façam-me o favor de conservarem-se vivinhos até minha volta!
Tentarei manter as notícias em dia
Eu prometo
Parto... mas carrego-os em meu coração
Às amigas fiéis de todos os dias:
AMO VOCÊS!!!!!!!!
Hasta la vista, baby!!!
(Adoro o Exterminador do Futuro II... kkkkkkkkkkkkkkkk)

Read Users' Comments (5)

Último dia!

1º de agosto...
FÉRIAS!!!!
Finalmente chegou o último dia
Pra não ser diferenet baldes de stress
Mas nada vai estragar o meu humor...
Amanhã eu não estarei aqui!
hahahahahahahahahaha
Vou pra BH e já chego com agenda cheia: Encontro de Formatura e Show do Joe Satriani!
Quanto tempo tem que não vou a um show?
Nem sei...
Depois do JC isso são prazeres raros
Raríssimos...
Fomos no Circo Nacional da China
Lindo
Mas impossível assistir em paz
JC não sossegava
Pegava a pipoca de quem estivesse ao nosso lado
Fazia charme par quem estava do lado, na frente a atrás de nós
Cismou com um cara chinês que estava na fileira da frente
E queria bater no cara!
Se bobeasse um pouquinho estava lá o sapeca dando tapas na cabeça do homem que só ria!
Talvez de raiva e me achando uma mãe frouxa
E eu pedindo desculpas com cara de pastel...
Filhos...

Read Users' Comments (4)

Um grande homem: meu pai!

Gerson...
Homem de pulso firme
Às vezes duro em demasia
Poderia sorrir mais
Quando eu era criança sentia um misto de medo, admiração, amor...
Era policial e eu achava lindo ele com sua farda!
Imponente, mas por incrível que pareça HUMANO!
Nunca tive notícia de meu ter se envolvido em algum episódio de violência, arbitrariedade...
Seus amigos ocntemporâneos me disseram que ele "conversava demais"
Orientava os presos para que eles repensassem suas ações
E ele conversa mesmo!
Quando a gente errava colocava a gente pra ler e pra entender o porquê dos nossos castigos...
Eu eu morria de medo dele morrer em serviço!
De ser baleado e não voltar pra casa...
E eu rezava!
Ajoelhava ao lado da minha cama e pedia meu pai de volta!
Pai nunca foi de pegar a gente no colo
De muito mimo
De muitos presentes
Ele dizia que nos daria educação, que esse era o maior presente porque ninguém conseguiria nos tirar
Nunca mais... o conhecimento uma vez em nós, ninguém nos rouba!
Foi cruel com suas palavras e suas insinuações
E eu fui injusta com algumas palavras ditas de forma impulsiva
Feri, magoei, ofendi
E me arrependi... muito por não ter acreditado no que ele sempre me alertou
Mas é preciso quebrar a cara para se descobrir que não se tem sempre razão
Quando comecei a caminhar com minhas próprias pernas, achei que o mundo era meu
E que terrível perceber que eu sou só mais uma no mundo...
Isso também ele me ensinou
Chorou na minha primeira formatura na Polícia
Dizia que não acreditava que eu iria formar porque eu falava demais, sorria demais, respondia demais...
Tornou-se avô
E transformou-se
Continua durão com a gente
Mas manso com os netos...
Ri de tudo
Permite (quase) tudo...
"Isis, não faz o menino chorar à tôa"
Peraí... ouvi isso mesmo?
Ouvi... está tolerante!
Tem seus momentos de carência (inconfessados)...
Pede colo do seu jeito
Gosta de ser lembrado, embora afirme que é melhor manter distância
Tem uma neura com a morte
Talvez (ou quase certeza) por medo
Por gostar demais da vida e não saber como extravasar esse amor todo
É inquieto, impaciente
Mas bom!
Uma bondade que chega a indignar
Capaz de levar desconhecidos pra casa só pra oferecer um teto por uma noite
Amo esse jovem velho!
Agradeço pelos conselhos
Admiro sua determinação e capacidade de realizar
Do seu jeito...
Mas faz, não deixa de fazer nada acreditando que não será possível!
Simplesmente faz...
Pai amado, estou com você!
Vai ficar tudo bem...
Eu ainda vou te abraçar por muitos anos
E vou perder a paciência e rir... ebuscar consolo em suas palavras
Afinal, somos cúmplices, né?
Te amo...
Amanhã correrei ao seu encontro...
Me espera, véio do rio!

Read Users' Comments (3)

Tabagismo...

Tem gente que é suicida!
Sim!
Porque eu considero suicídio o cara ser cardiopata, indo pra mesa de cirurgia colocar duas próteses coronárias e continuar fumando como um dragão...
Vai ser operado sexta-feira e veio buscar uma documentação comigo exalando cigarro
Daqueles que dá vontade de vomitar!
Vão ser investidos milhares de reais num cara que parece não estar nem aí...
Uma vez internou no CTI uma mulher que estava infartando...
Eletro e enzimas alteradíssimos
E ela assinou um termo de responsabilidade e saiu do hospital porque queria fumar um cigarro!
No dia seguinte soube que ela se internou em outro hospital com mais de 90% de obstrução coronária...
Quase morreu por causa de um cigarro!
E conheci um Juiz que fumava muito tembém e que se vangloriava de ter um pulmão limpo
Nenhuma alteração no Raio X
Não teve câncer de pulmão, mas infartou...
Então o cigarrinho acompanhando a cervejinha é bem mais que um mero prazer!
Aliás, as propagandas de cigarro sempre venderam essa imagem de vitalidade, saúde, elegância, raro prazer... era até sinal de status...
Qual a marca de cigarro que você fuma? Isso dizia muito da condição social do indivíduo...
Mas porque é suicídio:
O tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a principal causa de morte evitável do mundo. Estima-se que 1,1 bilhão de pessoas no mundo são fumantes e que ocorrem 4 milhões de mortes anuais decorrentes do cigarro!
E 70% das mortes ocorrem nos países em desenvolvimento!
E esse número é crescente, havendo uma projeção de esse número de óbitos pode chegar a 10 milhões de mortes / ano em 2030, se o atual padrão de consumo não for revertido.
O tabagismo gera uma perda mundial de 200 bilhões de dólares por ano, sendo que a metade dela ocorre nos países em desenvolvimento. Este valor, calculado pelo Banco Mundial, é o resultado da soma de vários fatores, como o tratamento das doenças relacionadas ao tabaco, mortes de cidadãos em idade produtiva, maior índice de aposentadorias precoces, aumento no índice de faltas ao trabalho e menor rendimento produtivo.
Em relação aos custos do tratamento das doenças relacionadas ao fumo, é possível dividí-los em duas categorias: tangíveis e intangíveis.
Custos tangíveis:

I) assistência à saúde (serviços médicos, prescrição de medicamentos, serviços hospitalares, etc.);
II) perda de produção devido à morte e adoecimento e à redução da produtividade;
III) aposentadorias precoces e pensões;
IV) incêndios e outros tipos de acidentes;
V) poluição e degradação ambiental e
VI) pesquisa e educação.
Custos intangíveis:
I) a morte de fumantes e não fumantes e
II) o sofrimento dos fumantes, não fumantes e seus familiares.
No Brasil, o cigarro provoca um prejuízo anual para o sistema público de saúde de pelo menos R$ 338 milhões, o equivalente a 7,7% do custo de todas as internações e quimioterapias no País. O cálculo, feito pela primeira vez no Brasil, considerou o gasto com hospitalizações e terapias quimioterápicas em pacientes de 35 anos ou mais, vítimas de 32 doenças comprovadamente associadas ao tabagismo no ano de 2005. Estima-se que 22,4% da população brasileira fumem. (Fonte: Inca)
Esses valores são uma estimativa já que estão sendo considerados os custos de internação e quimioterapia, não estão incluídos os gastos decorrentes das complicações cardiovasculares que o cigarro também provoca... só pra exemplificar, tratamento decorrente de isquemia crônica do coração custa em média R$ 29,7 mil e com angina R$33,1 mil...
E importante dizer que não existe diferença entre os danos provocados aos fumantes passivos, não existe nível de exposição sem risco ao tabagismo passivo... e pasmem: é a terceira maior causa de morte evitável do mundo!
Ou seja: não precisa ser fumante ativo pra integrar as estatísticas de óbito...
É um grave problema de saúde pública e políticas públicas nesse sentido deveriam estar sendo implementadas para se consicentizar, desintoxicar e minimiar os riscos e custos...

Read Users' Comments (3)

O maior amor do mundo...







João Carlos... meu amor, meu meninão...

Read Users' Comments (3)

Manauara...

Ei menino lindo!
Não chora que já vai passar!
Não se esqueça de que você é um guerreiro
Não vai ser qualquer coisa que vai te derrubar!
Daqui a pouco você vai estar correndo entre os seus cães
Pulando na sua mãe,
fazendo ela chorar e rir ao mesmo tempo
(filho cosegue essa proeza!)
E se aninhando no pai...
Não fica triste!
A vida tem dessas coisas
É igual ralar joelho
Uma hora acontece
Às vezes leve
Às vezes pesado
Mas não tem dor que vai durar para sempre
E você tem muito amor...
Amor de quem está aí do seu lado
Tentando te fazer sorrir
E cuidando para que tudo fique bem
E sempre melhor!
E amor de quem está longe
De quem já te pegou no colo
E quem nunca te viu
Mas sabe tudo
Desde antes de você nascer
Desiste não viu?
Nós todos precisamos de você
E torcemos muito por você...
A tia te ama demais!
Beijos...

Read Users' Comments (5)

video

Read Users' Comments (4)

Infância

Quando era criança eu adorava brincar na rua...
Vivia empoeirada, mas muito feliz!
Joelho ralado, pé cascudo de tanta poeira!
Andava distâncias "explorando" o mundo!
E buscávamos leite numa fazenda.
Nessa época morava no Baronesa em Santa Luzia (RMBH)
Era um lugar meio perdido no mundo
Quase não tinha carro
Mal havia transporte coletivo...
E a escola era pequena, mas muito boa!
E.M. Lúcia Viana de Paiva
Tia Ângela, Tia Marilene, Tia Yvelise e Tia Sandra...
Essa última a minha preferida
Ela foi até na missa de formatura em Direito!
Tenho dela as melhores lembranças da minha vida escolar no Grupinho...
Naquela época (e já se vão muuiiiitos anos!) era tudo muito diferente do que se vê hoje!
As crianças eram muito criativas
Talvez pela necessidade, já que não havia dinheiro para brinquedos eletrônicos e bonecas Barbie
Talvez pela liberdade que se podia ter!
E as professoras eram super bravas, ninguém nem piscava porque senão ficava de castigo
E às vezes tenho a impressão de que se aprendia mais...
Ou se respeitava mais!
Eu tive uma boneca a pilha, Bilu-Bilu!
Ganhei com 9 anos, a minha amada mãe me deu de presente de aniversário
Fez crediário para comprar
(não era só Emulsão Scoth que ela dava! kkkkkkkkkk)
Aliás, ela fez esse mimo para todos os filhos...
Uma um teve seu brinquedo "especial"
Mas esses brinquedos ficavam enfeitando a casa porque o que a gente gostava mesmo era da rua
Subir em árvore
Pular corda
Roda
Amarelinha (que nós chamávamos de Maré!)
Garrafão
Elástico
E tanta coisa mais...
Hoje tudo gira em torno de televisão, vídeo-game (com algusn jogos horrorosos de tão violentos!) e computador!
Eu tenho horror a jogo de guerra e gangue... se for de esporte ou estratégia, vá lá!
Mas aquela enxurrada de sangue...
Tem um tal de GTA (nem sei o que essa sigla quer dizer... mas é de gangue)
E meu sobrinho Artur simplesmente ADORA!
E ele sabe que eu não deixo...
Daí muito espertamente veio me dizer:
Artur: _ Tia, é só o GTA! Não tem tiro, não tem briga... pode ficar aqui que é só GTA!
Eu: _ Tá vai lá que depois vou ver, mas se tiver um roubo de carro, já sabe, né?
Artur: _ Vixi... Augusto, tira o jogo que minha tia tá vindo!
Será que ele acreditou que ía burlar a segurança?
Mas não é só isso, enquanto eles estavam lá hipnotizados por DVD's, meu cunhado cortava os "bambolins" para a "rabiola" do papagaio que ele estava fazendo...
O adulto solitário fazendo seu próprio brinquedo...
Um dos melhores brinquedos da nossa infância!
Aí eu pensei que eles NUNCA vão fazer um carrinho de rolimã
Não vão fazer rodinha ou rodar pneu na rua
Vão simular tudo isso no computador...
E o João Carlos viciado em Bee Movie e Patati Patatá?
Será que vai pelo mesmo caminho?
Acho ainda que criança tem que correr, cair, ralar o joelho, chorar um pouco e voltar a correr...
Depois chegar em casa e se coçar todo na hora do banho por causa da poeira!
E adormecer cansado...
Sonhando com a sua próxima missão a bordo da aeronave no alto do pé de goiaba!

Read Users' Comments (5)

Desabafo!

"Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Com sabor de fruta mordida..."

Não gosto de complicar as coisas
Sou até muito prática pra tomar decisões
Não penso demais se as conseqüências serão assim ou assado
De qualquer forma haverá conseqüência
Eu vivo!
E acredito que pode dar certo!
Nem sempre sai do jeito que eu pensei
Mas dou a cara a tapa
E às vezes a cara sai quebrada
E recuo pra recomeçar tudo de novo...
Enfrento tudo e todos pra perseguir os meus ideais
E foi assim desde sempre!
Sempre fui a minha maior aliada
Minha confidente
Sempre confiei em mim e acreditei que seria possível
E até agora foi!
Não tenho medo do fim
Prefiro me envonver com o recomeço!
Mas eu tenho tanta vontade de viver em calmaria...
Queria ser menos preocupada com a vida
Ter menos expectativas em relação ao outro e a mim mesma
Queria não depender tanto de resultados pra me sentir bem
E queria ter mais liberdade
Queria me dar mais liberdade
Queria me conceder uns minutos de cabeça vazia
E no meu maior antagonismo
Queria ser menos carente!
Diminuir a necessidade de carinho
De afago
De reconforto
De reconhecimento...
Ah! Nem sei o porquê disso tudo...
acho que não estou num bom momento...

Read Users' Comments (3)

Eu não tenho nada pra dizer...

Estou sem nenhuma inspiração hoje
Difícil escrever assim...
Falar de quê?
Ou de quem?
Quem sabe para quê?
Por que eu tenho essa necessidade de dizer?
Sempre alguma coisa...
É compulsivo, ânsia, falar por dizer
Vou falar coisas aleatórias!
Acabei de ler que a D. Marisa (vulgo árvore!) gastou no primeiro semestre R$ 441.000 com o cartão da Presidência...
Sabem o que isso quer dizer?
Que enquanto eu me mato de trabalhar aquela 1ª dama à tôa gasta mais ou menos R$ 1800,00 por dia!
E aí? O que me dizem???
Ou então: o desempregado que foi preso porque roubou dois queijos do reino que ele pretendia vender e transformar em 85,00 (aproximadamente 4,72% do que a D. Marisa gasta por dia!) para comprar comida para os sete filhos... talvez ele não tenha Bolsa Família...
Ele ficou preso por 2 queijos
E o Daniel Dantas que desviou, sonegou milhões e prejudicou outros milhões foi solto por Habeas corpus concedido pelo Supremo...
Tudo bem...
Eu podia só me acomodar e dizer: O Brasil não tem jeito mesmo!
Será que não tem?
Ah! E ontem fiquei sabendo da aliança política esdrúxula para a Prefeitura de Santa Luzia / MG (meu domicílio eleitoral!)... NÃO QUERO VOTAR ESSE ANO!
E a Dercy? Sem nenhum amigo de infância pra se depedir dela...
Morreu também o Geraldo Casé e o Célio de Castro...
E o pessoal foi todo pra Araxá pra terra da D. Naty Beija...
E eu fiquei trabalhando...
E ainda estou com a terrível sensação de que é impossível fazer as coisas certas...
Na verdade eu acredito que estou fazendo certo
Mas o resultado não é entendido assim
Então eu vivo errando
Mas a minha intenção é acertar!
Eu sou confusa (muito confusa!)
Mas eu sou gente boa...
Eu eu só quero um pouco de paz e sossego...
E tempo pra curtir meu filhote e realizar uns pequenos desejos meus!
É pedir demais?

Read Users' Comments (3)

Explicando Telassim!

Para a Simone...
Telassim é um nome árabe!
Significa talismã...
E tem tudo a ver com a Tety (que odiava o nome!)
Ninguém sabia pronunciar e sempre a confundiam com homem...
Sr. Telassim!
Ódio imperado e declarado por parte dela!
E olha que era uma magricela quando adolescente mas não afinava pra ninguém...
Tem sangue no olho!
E como tem!
Outro dia quis enfrentar um cara no trânsito que arrancou o retrovisor dela...
Às vezes a fúria dela a faz esquecer do mundo que vivemos...
Mas ela tem se esforçado pra ser mais, digamos, TOLERANTE!
Mas o fato é que ela é muito boa...
Bom coração
Bom astral
Pessoa que tem energia, sabe?
Boa vontade
Garra para perseguir o que acredita
Amigona...
Mas inocente! (às vezes!)
Já tive algumas discussões tentando alertá-la sobre os "lobos em pele de cordeiro"
Gente folgada que só quer tirar vantagem...
Não aceito mesmo!
Tem gente que diz qeu sou arrogante, mas não é verdade!
Eu sou Saraiva, sim!
Minha tolerância é pequena, mas eu não discuto, não respondo, apenas ignoro!
Pode falar, gritar, berrar, tentar aparecer...
É como se não tivesse ninguém do meu lado...
Mas o fato é que a Tety é um talismã na minha vida!
Ela me dá sorte...
Sempre!
Ela entrou pela primeira vez num CTI por mim...
Assustada, mas foi me ver depois que fui operada!
E chorou enquanto eu ria da situação...
E brigou comigo porque eu disse que não precisava chorar porque estava tudo bem, fazendo piada!
Eu assisti os seus dois partos...
Eu dei os banhos, troquei as fraldas e cuidei dos pequenos...
Ela é linda!
Muito linda...
E muito amada!

Read Users' Comments (5)

Casa Cheia!

Minha irmã, cunhado e sobrinhos chegaram sábado!
Que alegria... estava numa ansiedade para que eles chegassem...
Vou apresentá-los:
Telassim, minha irmã linda
Todos a conhecem por Tety
É a mais velha e a mais "louca"
Explosiva, alegre, entusiasta^
Engraçadíssima...
Quando éramos crianças era a dona da rua
Ninguém arriscava desafiá-la, senão fosse por bem era na base da porrada mesmo
Brigava na rua
E até hoje tem uma veia barraqueira forte
Na defesa de quem ela ama!
Nós temos longas histórias...
Quanta coisa e emoção vivemos juntas!
Ontem ela se lembrava de quando estudávamos no Tiradentes e descíamos na Pç da Estação e todos os dias a trilha sonora nuns botecos 24 horas era a mesma: Zezé de Camargo e Luciano:
"Diga, se te deixei faltar amoooor / se o meu beijo é sem sabor / se não fui homem pra você!"
Esse é o hino clássico do corno!
E a gente seguia rindo e satirizando as manhãs em Belo Horizonte!
Quanta saudade...
E quantas vezes nos estranhamos dada a nossa grande diferença de gênios!
Hoje ela está lá indignada porque o João está ignorando-a!
Não quer olhar pra ela, só tem atenção para a ala masculina: pai, tio e primos!
Mas quando ela se casou... nossa!
Que vazio!
Daí, apresento-vos o Dinho!
Meu cunhado...
Gente boníssima!
Cruzeirense apaixonado!
Paizão e um ótimo amigo!
Gosto de conversar com ele
é muito centrado, inteligente, organizado...
Não tem tempo ruim com ele!
Topa qualquer parada!
E meus dois sobrinhos...
Augusto, minha alma gêmea
Artur, o super sapeca!
São opostos!
O Augusto todo elegante e o Artur casaca grossa
Mas são adoráveis!
E engraçados
Do tipo que alegram qualquer ambiente...
O Augusto está com 9 anos e já vai para a antiga 5ª série
É um curioso, leitor e possuidor de uma memória fantástica!
Quer ser cientista...
Ele diz da ciência como se fosse uma "amada", "adorada"
E o Artur que com seus 5 anos já deixou marcas profundas em nossa vida
Não gosta de acordade cedo e tbém não gosta de escola
Corre o tempo todo, ainda não aprendeu a andar!
E diz que o João não é primo, é irmão e ai de quem discordar
Outro dia estava fazendo a árvore geneaológica e insistiu para que a Tety e Dinho colocassem o João como irmão
Não teve justificativa que o demovesse da idéia!
Amo os quatro!
Estou feliz demais com a visita...

Read Users' Comments (3)

Eu caí!

Ontem fui dar aula prática de pronto-socorrismo (razão pela qual me furtei - ou fui furtada - de postar!) e durante a execução de uma manobra escorreguei e caí com a vítima!
Mas caí com classe e "catiguria"!
Ninguém riu!
Devem ter trancado a gargalhada no canto da boca e depois riram nas minhas costas, mas naquela hora ninguém manifstou nada!
Eu sou chique!
Caí, mas a cervical da vítima permaneceu imobilizada nas minhas mãos e eu terminei a demonstração!
Mas por que a gente tem vontade de morrer quando cai na rua?
Tudo cai!
Com a idade avançando na verdade tudo tende a despencar: peito, barriga, olhos...
Haja plástica pra manter tudo para o alto!
A minha mãe quase tem um ataque quando vê alguém cair... não é maldade, mas ela não consegue controlar!
O melhor é quando cair ter um surto histérico e simular um desmaio!
Pode até ficar com a pálpebra trêmula (típico de quem está fingindo...), mas e daí?
O surto não é histérico?
Coitada! Está em estado de choque!
A queda foi muito dura pra ela... não suportou à pressão e seu emocional caiu junto!
Quando estiverem te conduzindo para uma unidade psiquiátrica para reequilibrar o seu estado comportamental alterado, levante de forma elegante, passe as mãos pelo cabelo, arrume o salto (se não tiver quebrado), pega a sua bolsa e sai sem nem agradcer o socorro...
Cai... mas não desce do salto!

Read Users' Comments (4)

Devaneios meus!

Não discuto religião!
Política dou meus palpites e expresso minha opinião, mas se encointro um extremista, saio fora!
Tiro sarro com futebol, mas vale a mesma regra da política...
Tudo por uma razão muito simples: esses três itens são discussões estéreis!
Não produzem nenhum resultado prático, objetivo ou convincente.
Por uma razão muito simples, prescindem de fé!
E fé não se discute...
Fé (s.f) do Lat. fide, confianças. f., crença religiosa; crença, convicção em alguém ou alguma coisa; convicção; firmeza na execução de um compromisso; crédito; confiança; intenção; virtude teologal.
Crença é elemento subjetivo da condição humana... as pessoas se entregam naquilo (e por aquilo) que acreditam, não tem que ter necessariamente uma lógica ou prescindir de verdade...
Sendo a verdade um conceito relativo, fé é algo que não se comprova empiricamente...
Não há verdade absoluta na fé! E não é fé religiosa... é fé enquanto crença subjetiva! Daí pode ser em pessoas, política, futebol, na vida...
Dá até pra avaliar um comportamento coletivo... porque determinado grupo se comporta de maneira igual, mas não há como se afirmar com segurança: o grupo A está correto e o Grupo B errado...
São comportamentos e ideologias de massa distintos, mas vinculados ao mesmo objeto.
A motivação para a ação é a mesma: defesa do conteúdo teórico/prático do que se acredita mas é a defesa entusiasta, extremista que faz com que as batalhas existam... sempre tem aqueles que se acham mais entendidos e titulares da verdade...
Gosto dos três assuntos, mas não perco meu precioso tempo tentando convencer alguém das minhas idéias sobre isso...
Da mesma forma, acho extremamente deselegante (pra não dizer ridículo), as pessoas se intitularem porta-vozes de Deus e saírem por aí emitindo seus julgamentos: você está errada / você está certa...
E quem é você pra dizer do que é certo ou errado?
Quem te vestiu com a aura santa e te permitiu emitir juízos de valor a respeito de quem quer que seja em nome de Deus?
Pra mim esse tipo de situação revela pessoas fracas em argumentos racionais... não conseguindo dialogar ou se expressar de forma convincente sobre qualquer assunto, põe Deus no meio.
E tem aqueles que ainda misturam os três temas polêmicos... e daí é briga!
Não falo das minhas convicções religiosas e esses momentos são meus e eu mesma faço meus próprios julgamentos... converso com prazer sobre Deus, mas não sobre religião!
Aliás, sou extremamente crítica comigo... é um defeito que preciso corrigir! Reduzir as expectativas que tenho de mim mesma.
Parar com essa mania de querer antecipar os resultados
De querer sempre os melhores resultados
De esperar que as pessoas sejam éticas, corretas e compromissadas...
Já melhorei bastante e vou dando meus passinhos curtos na direção desse objetivo.
Ah! E tenho ouvido seletivo: pra essas pessoas que insistem em discutir os temas estéreis se vierem falar comigo vai entrar por um ouvido e sair pelo outro!
Aceito conversar, viu? Mas o meu senso democrático me impede de aceitar conceitos, idéias e comportamentos goela abaixo...
Vai na fé e com muito argumento... sobre qualquer coisa!
Mas com jeito senão eu bloqueio.

Read Users' Comments (3)

7 Coisas que penso sobre relacionamentos (por Christian Pior)

Mas sob o meu ponto de vista,lógico...

1-Sempre acho que namoro, casamento, romance tem começo, meio e fim.
Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:"Ah,terminei o namoro..."
"Nossa,quanto tempo?"
"Cinco anos...Mas não deu certo...acabou"
É não deu...'
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.

2-Hoje , no alto dos meus 33 anos e tiozão, não acredito muito que os "opostos se atraem".
Porque sempre uma parte vai ceder muito e se adaptar demais. E sempre esta é a parte mais insatisfeita.
Acredito mais em quem tem intereses e comum. Se você adora dançar forró, melhor namorar quem também gosta, se voce gosta de cutura italiana, melhor alguém que também goste.
Frequentar lugares que você gosta ajuda a encontrar pessoas com interesses parecidos com os teus.
A extrovertida e o caretão anti social é complicado e depois, entra naquela questão de" um querer mudar o outro, ui..". Pessoas mudam quando querem. E porque querem. E pronto. E demora!

3-Cama é essencial!
Aliás pele é fundamental. E tem gente que é mais sexual, outras que são mais tranquilas. O garanhão insaciável e donzela sensível, acho meio estranho. Isto causa muitas frustrações e dá-lhe livros de auto ajuda sobre sexo. Assim como outras coisas, cada um tem um perfil sexual. Cheiro , fantasias, beijo, manias, quanto mais sintonia, melhor.

4-Não acredito em pessoas que se complementam.
Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos esta coisa completa.
Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama.
Às vezes ele é carinhosa , mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso , mas não é trabalhador.
Às vezes ela é malhada, mas não é sensível.
Tudo nós não temos. Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.

5-Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia. E as vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante...
e se o beijo bate...
se joga...
senão bate...
mais um Martini,por favor...
e vá dar uma volta.

6-Se ele ou ela não te quer mais, não forçe a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não lute, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos.
Mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem , gravidez, dinheiro, ressão de família?
O legal é alguém que está com você por você. E vice versa.
Não fique com alguém por dó também. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda,a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria compania?

7-Gostar dói.
Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração.
Faz parte.
Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo.
E nem sempre as coisas saem como você quer...
A pior coisa é gente que tem meo de se envolver. Se alguém vier com este papo, corra, afinal,voce não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsivel.
Na vida e no amor, não temos garantias.
E nem todo sexo bom é para namorar.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
Nem todo sexo bom é para descartar.
Ou se apaixonar.
Ou se culpar.
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil?

Read Users' Comments (4)

Propaganda da Sharp (década de 80!)

“O meu sonho na vida era ter o poder de ser um videocassete de mim mesmo. Ter o controle remoto que me permitisse renascer experiências vividas. Eu poderia voltar no tempo, acelerar, pular cenas dos próximos capítulos. Parar a imagem num momento que me tivesse sido glorioso, vivê-lo outra vez. Talvez, eternizar um orgasmo.
Eu poderia correr a fita de modo a entrar na percepção do futuro ou recuar para consertar, corrigir, para confirmar. Ah, com esse aparelhinho eu poderia criar o ideal.
Ah, o ideal.
O ideal seria que o homem nascesse com 80 anos, fosse ficando mais moço, mais moço, até morrer de infância. Nascendo com 80 anos, aos 60 ele casaria com uma mulher de 59. Mas com uma vantagem: a cada dia, a cada semana, a cada mês, a cada ano, ela ia ficando mais nova, mais nova, até se transformar numa gata de 20.
Depois ficariam noivos, namorados.
A Bicicleta.
O velocípede.
Desaprendiam a andar, esqueciam como engatinhar.
O voador, o cercadinho.
Do cercadinho para o berço.
As fraldas molhadas.
O peito da mãe.
Até que, num dia qualquer, pararia de respirar.
Seria o tempo correndo para trás até aparecer o último homem: Adão.
O último primeiro, a quem Deus colocaria sobre a mão e, em vez de soprar sobre ele, inspiraria o homem outra vez para dentro de si mesmo.”

A autoria eu desconheço, mas quem narrou o comercial foi o Chico Anysio...
Essa é uma das mais belas peças publicitárias na minha opinição...
Linda... simplesmente!

Read Users' Comments (4)

Em homenagem à Simone!

video

Read Users' Comments (2)

Meu sapeca!

video

Read Users' Comments (1)comentários

Querida!

Podem falar que é loucura
Mas eu leio (ou melhor, releio) notícias velhas...
Essa semana li uma matéria da Veja sobre o MLST (invasão do Congresso...)
Mania de ler tudo...
Já fui em arquivo pra ler jornal velho!
Compulsão...
Mas o fato é que além da matéria aproveitei e relembrei fatos daquela semana de 2006
E me chamou a atenção a burrice de uma dita "Musa das Eleições de 2006"
Eita país pra inventar musa
Tem musa pra tudo
E geralmente são bonitas mas muito burras...
Essa (que não lembro o nome, pra sorte da infeliz!) respondia todas as perguntas inserindo a palavra "querida" pelo menos uma vez!
Imaginem a paciência que a repórter teve que ter!
As perguntas já têm que ser para seres pouco inteligentes...
Daí a pessoa lembra que passou pelo menos 4 anos na faculdade para perguntar para uma "musa":
(Mais ou menos assim... a temática é essa!)
_ O que você faz par a manter a forma?
_ "Querida", eu faço o que é normal, academia quatro vezes por semana, salão duas, dermatologista semstralmente...
E blablabla...
_ Você se se acha bonita?
_ Acho... "Querida"!
ARGH!
_ Você percebe que os homens te olham e te admiram?
_ Que homem não olha, né "querida"!
Ai querida... você me torrou a paciência!
Momento Nelson Rodrigues:
"Bonitinha mas ordinária"
Como tem gente fútil nesse mundo, hein?
Queridas!!!

Read Users' Comments (1)comentários

Descompensação devido à verborragia!

Nossa, que horror!
Fui dar aula às 14:10 hs
Até 16:30 hs direto
E falei tanto
Que tive hipóxia!
Sério...
Passei mal de tanto falar...
Gasto excessivo de oxigênio
Queimei energia
Hipoglicemia...
Só pode!
E no final estava trocando as palavras
Voltei pra seção com dor de cabeça, zonza e num misto de rubor com palidez
Se bem que palidez é meio o meu estado natural
Como diria um colega
E aí... hipocorada!!!
Sempre me mandava passar um batom porque estava igual um fantasma e trabalhar com fantasma à noite não rolava... ainda mais em CTI!
Coisa medonha...
Comi alguma coisa pra ver se melhorava
Mas até agora estou meio abobalhada
Dããããããã...
Doença mental grave!
Alguém traz o Prozac!

Read Users' Comments (1)comentários

A Poderosa Isis





Numa época em que o Superman de George Reeves e o Batman de Adam West já haviam sido exibidos, eis que surge mais uma variação no gênero super-herói: Ísis.

E assim a meninada da segunda metade da década de 70 não conheceu um herói, mas sim uma nova heroína.

A personagem chamava-se Andrea Thomas. Era em verdade uma professora de ciências de uma escola de 2º grau, que gostava de dar uma de arqueóloga nas horas de folga (ao estilo Indiana Jones). E foi numa dessas incursões que encontrou no Egito, um amuleto que pertencera à Deusa Ísis, sendo o mesmo dotado de poderes mágicos.

De posse do amuleto, Andrea pronuncia as palavras "Poderosa Ísis" e se transforma na heroína, sendo inclusive capaz de voar. Para tal, eram ditas as palavras: "Oh! Zephyr que comanda o ar. Erga-me para que eu possa voar!". Após os vôos, Ísis pousava girando em torno de si.

Ísis tinha por finalidade combater o crime, ajudar pessoas que estão em perigo e sempre que precisava de algo diferente, recitava versos invocando algum tipo de Deus egípcio. Andrea lutava contra o mal juntamente com o professor Rick Mason e as alunas Cindy Lee e Renee Carrol.
Como todo herói que se preza, a personagem mantinha segredo sobre sua segunda identidade. Ao final de cada episódio, olhava diretamente para a câmera, falando sobre aquilo que considerava ser a moral da aventura mostrada.

Ísis foi criada especialmente para a televisão. Os efeitos especiais eram precários mesmo para a época em foi concebida. Foi produzida em paralelo com a série Capitão Marvel. Em alguns episódios de Ísis, Marvel comparece para ajudá-la. O mesmo ocorria na série de Marvel; ou seja, vez por outra Ísis aparecia para auxiliá-lo. Durante a produção do programa, a DC Comics publicou revistas em quadrinhos com a personagem.

Consta que Poderosa Ísis foi exibida no Brasil pela Rede Globo por volta de 1.977/78. Após, o SBT reapresentou-a nos anos 80, com o nome O Segredo de Ísis, para nunca mais retornar.
Apesar do relativo sucesso, a série não foi adiante. Teve apenas 22 episódios filmados, não aparece na lista dos 20 mais assistidos do período 1.975 - 1.976 (época em que foi exibida via rede CBS da TV americana) e quase nada se sabe hoje a respeito de seus astros.

Read Users' Comments (4)

Sobre a dança!

A dança é meu universo particular!
Quando criança queria ser bailarina
E lia a poesia da Cecília Meireles:
"Essa menina tão pequenina
Quer ser bailarina"
E eu queria estar naquele mundo de dança e sons!
Eu era muito tímida
Fui uma criança muito reclusa em mim
Vergonha de tudo
Vergonha do que eu sentia, pensava...
Tinha medo da opinião que os outros tinham a meu respeito
E eu chorava muito!
E acreditava que eu não era suficiente, nem era muito capaz de cativar amizades ou afeto!
Queria sempre fazer o melhor para angariar reconhecimentos
Mania de perseguir méritos...
Até hoje não sou muito boa em receber elogios
Parece meio descabido ou impróprio
Na adolescência tinha muitos amigos, mas ainda era um pouco arredia
Até que eu finalmente cheguei à dança!
E na dança me aceitei
e reconheci minhas limitações e comecei a dividir
Foi enquanto dançarina que consegui ser mais feminina
Era só na dança que eu usava cabelos soltos, maquiagem e brincos grandes
E me libertava de mim
E me encontrava comigo
Dançando eu me rendia às minhas vontades
À minha personalidade
Era a Isis livre e não mais a Isis que representa papéis
E se comporta
Que cumpre regras e horários...
Dançando eu era (sou) feliz!
Incorporei muito do que aprendi com a dança no meu dia-a-dia
Ainda tenho muita coisa para corrigir
Mas quem não tem?
Hoje sou muito mais relaxada, menos tensa e preocupada
Tenho meus surtos de neurose e às vezes um pessimismo patológico!
Mas passa rápido...
Assim como 1/8 de dança...
E a dança é tão mágica que certa vez a minha professora de dança do ventre fez uma apresentação numa escola de cegos...
E foi emocionante porque eles acompanharam como se realmente estivessem vendo
E no fundo estavam
Viam com a alma
Acompanhando o som dos batidos da música e pés
E bateram palmas ritimadas e dançaram também!
E se alegraram como se sempre tivessem feito aquilo...
Dança é alma
É coração!
E é só começar!
"Quem dança é mais feliz!"

Read Users' Comments (2)

Peço licença à Naty...

Para dizer dos seus olhos...
Olhos de ressaca como Capitu!
E olhos que me fazem lembrar os desenhos egípcios!
Talvez por influência do meu nome
Ou pelo fato do meu pai ser ex-combatente do Canal do Suez
E por ter levado lá pra casa um monte de coisas daquele mundo
Me afinizei
E leio muita coisa sobre as lendas
Sobre as divindades
E sobre olhos...
Adoro olhares!
Sempre desenhei olhos por todos os cantos
Quando desejei ter uma tatuagem, queria que fosse um olho egípcio
Bem delineado de preto e com o sembalante fechado e ao mesmo tempo misterioso
Do tipo: Decifra-me!
Sempre me disseram que não consigo desfarçar minha insatisfação, raiva ou alegria
Meus olhos me condenam
E condenam mesmo!
Talvez porque eu não faça muita questão em tentar esconder que ou quem não me agrada
Por mim, pode ir e ficar bem longe
"Vá meu amor siga o seu destino que eu seguirei o meu / seja feliz, adeus!"
Dizem que os olhos são o espelho da alma
É o espelho do corpo
Neles tudo se refletem: emoções, doenças, angústias, imagens...
Há quem consiga enxergar além da superfície
Há os que mesmo vendo imagens não enxergam nada
Há os que distorcem o que vêem
E há os que preferem não ver...
Tudo isso foi só pra dizer: que lindos olhos você tem!

Read Users' Comments (3)

O poder do não!

Para o João Carlos tudo é não
Passa necessariamente pela negatriva, ainda que no minuto seguinte ele aceite ou consinta
Mas antes tem que dizer não!
Assim, não é não e sim também é não!
E o não é incisivo, é dito e gesticulado com mãos e cabeça!
Daí as teorias dos especilistas em educação (!)
Deve-se evitar dizer não para criança para que ela não diga não para tudo!
Então vá lá: como dizer não sobe aí sem usar não?
_ Será que você poderia ficar no chão? Já que é arriscado você subir na pia?
Isso é compreensível para uma criança de um ano e meio que não pára quieta um segundo?
Ele não se cansa... os olhos estão pesados de sono e ele pulando pra todo lado... sim! Porque agora está na sua luta íntima para tirar os dois pés simultaneamente do chão, às vezes consegue, às vezes cai... mas a sua persistência não permite que ele derrame uma só lágrima!
Aliás, o meu bravo pequeno só chora quando é contrariado...
Ele é tal o samba: "Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!"
Quando tropeça e cai, sapateia e diz para o chão qeu o derrubou: "bobo, bobo, bobo!"... e assim com tudo que seja obstáculo em seu caminho!
Tem uns 20 dias que ele está associando o "ai" à dor!
E está com o péssimo hábito de simular algo que doa só pra gritar ai... e cair na gargalhada...
Na escola ele está dando a mão para os colegas morderem só pra dizer "ai!"
Lá em casa bate a cabeça em todos os lugares e vem esfregando rindo e dizendo "ai ai ai"
E isso inclui dar (de surpresa!) uma cabeçada no meu nariz e dizer "ai" - pensei que fosse me dar um beijo... ainda desconhecia essa nova mania!
Eu eu vendo estrelas, a visão turva e os olhos cheios de lágrima...
Putz...
Cabeçada no nariz dói pra caramba!
Finjo que choro e ele segura o meu rosto com as duas mãozinhas e me consola, e afaga minha cabeça... e ao invés do meu beijo curar a sua mãozinha que bateu em algum lugar é o seu carinho que afasta aquela dor!
Depois da maternidade, descobri que amor é o melhor remédio... eu já deveria saber disso, já que minha mãe me curou assim várias vezes na infância e até depois de adulta... mas a gente esquece o que nossas mães nos fizeram e só relembra quando estamos agindo da mesma forma...
João, dá um abraço na mãe?
Não!
Depois corre e me lambe... (também uma mania!)

Read Users' Comments (5)

Ai pesadelo!!!

Gente...
Eu engordei!
E muito!!!!!
A balança me mostrou hoje o peso da meu ócio!
Nada criativo...
Engordativo
Tento achar coragem para me movimentar e fazer alguma coisa, não por estética, mas por saúde!
Eu não sou disciplinada com alimentação quem dirá com atividade física!
Não lembro de comer frutas
Tomo café o dia inteiro no trabalho
Minhas refeições são irregulares
E não pratico esporte...
Vocação para gorda eu não tenho, mas comportamento para ser... ah! isso com certeza!
Mas eu sofro de preguiça!
Confesso meu pecado, mas peço que me entendam e me absolvam!
Não me condenem
kkkkkkkkkkkk
A única atividade física que fiz com prazer foi dançar...
Dançava horas seguidas
Dança de salão
E muito Zouk
Em Porto Seguro eu dançava de 23:00 às 05:00 hs
E suava com prazer!
Ô saudade!!!
Mas aqui eu sou uma autêntica "come e dorme"
Olhei meu braço está igual ao de um estivador
Ombro largo
Braço forte!
Panceps definido
Não sou vaidosa
Mas nunca fui gorda e não gosto de me sentir gorda...
Segunda eu começo a dieta!
(Jura!)

Read Users' Comments (4)



Ele se nega
Recusa
Afasta minhas tentativas de aproximação!
Está cansado das minhas investidas apaixonadas que quer beijar, apertar e ficar enroscada nele o tempo todo...
Quero cheirar depois beijar e voltar a cheirar
Mas ele não deixa
Me empurra e diz um sonoro
NÃÃÃOOOOOOOO!
Meu filho não aceita!
Tem que ser no seu tempo, quando ele quer e quando se declara gestualmente disponível!!!
E eu me derreto quando ele me beija e abraça assim do nada, sem esperar, sem pedir...
Ontem à noite ele estava deitado assitindo Bee Movie pela enésima vez e o cobri...
Ficou como um pacote lindo, todo fofinho e eu quis abraçá-lo e ficar ali deitada com ele, rindo e achando lindo aquele filme que já sei de cor...
Ele não deixou e impacientou-se!
Por que meu filho?
Eu posso tentar, mas não tem como dominar esse amor e esse ímpeto de te ter perto de mim!
Sempre!
É uma forma de egoísmo não querer dividí-lo com ninguém
De querer seu sorriso e atenção para mim
Mas não dá!
Desde que você aconteceu, eu não existo mais sem sua presença!
Te amo pacote sapeca!

Read Users' Comments (6)

Surtada...

EU SOU NORMAL!!!
De vez em quando dá uns surtos de loucura
E instabilidade comportamental
Mas eu continuo sendo normal!
Eu passei no psicoténico da "puliça"
Hoje estou elétrica
Cansaço acumulado
Toda vez que isso acontece é um horror
Nem eu acredito no excesso de bobagem...
Nada que preste
E não bastasse meu estado alterado da mente
Uma reunião com um advogado
ANTA
Não entende o elementar e quando eu fui dizer o porquê da demanda, ele olhou ironicamente pra mim e disse:
_Isso é especulação e o SEU ponto de vista...
Então tá, ó sapiência mor!
Não é o meu ponto de vista, mas a análise institucional para o caso!
Levou mais de uma hora para compreender o óbvio e dizem que é o cara!
Que nível...
Ou melhor, desnível!

Read Users' Comments (3)

10, 9, 8....

Estou em contagem regressiva!
Minhas férias foram deferidas...
Finalmente, um tempo para mim
Sem preocupação
Já estou aqui me organizando mentalmente e fazendo minhas listas
Eu sempre fui viciada em listas
Eu e Ju!
Na época da Faculdade fazíamos lista para tudo!
Sempre resolvíamos fazer alguma coisa
E pra todas as coisas
Uma lista
Nomes
Lugares
Idéias
Convidados
Roteiros
E o primeiro item da minha lista: BH
Rever a família
Os amigos
A cidade
E tem encontro de 5 anos de formatura...
Tô ansiosa...
E vou ao Mineirão assitir um Jogo do Cruzeiro e comer tropeiro...
kkkkkkkkkkkkkk
E vou ao Belas Artes assitir um fime bem zen pra relaxar...

Read Users' Comments (5)

Por que não pode filmar?

Li hoje que o presidente Lula pede que a Polícia Federal não faça nem permita filamgens de pessoas algemadas durante as operações...
Por quê?
Constrange o Celso Pitta, é isso?
Os mensaleiros?
Os sangue-sugas?
É isso?
E daí que se sintam constrangidos essa corja de corruptos, assassinos, bandidos...
Têm que ser mostrados como são e como deveriam ficar: presos e apartados das pessoas de bem!
Não deveriam nunca mais receber nada do Estado, não poderiam concorrer a cargo público por concurso ou eleição...
E deveriam ter todos os seus bens confiscados em benefício do Estado, para reversão em favor da população... saúde, educação, segurança, saneamento!
A corrupção deveria ter uma pena maior do que homicídio e sem qualquer benefício... porque através dela, milhares de pessoas morrem em filas de hospitais, vítimas do descaso e da falta de estrutura, mnorrem de fome e de descaso, abandono, omissão...
Doenças de pobre! Não do pobre, mas de países sem qualquer qualidade de vida, com IDH baixo...
Dengue, Chagas, Esquistossomose, verminose, desnutrição, diarréia e tantas outras...
É omissão e covardia!
Psicopatas que estão se lixando para esse quadro medonho do Brasil:
Educação pública precária, professores mal formados, mal remunerados, vítimas da violência...
Saúde deficiente com hospitais mal equipados, carência de medicamentos e suprimentos, falta de profissionais e remuneração vergonhosa...
Segurança Pública.. que segurança? Melhor seria dizer 'in"segurança!!!
E o Brasil vai muito bem no cenário internacional...
E economia está estável... mas nós brasileiros doentes!
Doentes de corpo e alma... de vergonha e de medo!
Parabéns, Lula!
Filma só o que é bonito, senão queima o filme, né?
Afinal, brasileiro tem mania de ir para o exterior e só falar do que é ruim...

Read Users' Comments (2)

Sem o que dizer...

Ontem fiquei anestesiada
Com uma dor estranha
Um incômodo
Desconforto de quem não entende os porquês...
Por que a violência?
Por que a injustiça?
Por que a covardia?
Por que a solidão?
Cansei de imaginar a dor dos pais do menino João assassinado no Rio!
E a solidariedade me fez sentir e chorar a morte do pequeno que gostava do Homem Aranha!
3 anos...
Uma atitude impensada, covarde, vil e despropositada da polícia militar do Rio de Janeiro silenciou para sempre os sonhos de uma família!
Não havia um porquê para os tiros...
Houve mais que excesso, houve execução!
Uma babrárie que se perpetuará em nossa mente através do apelo sofrido do pai que perde o filho amado...
"Eu não tenho culpa da sociedade podre que eles criaram"
E não tem mesmo, quem tem?
Quem tem o poder de decidir em nome da vontade coletiva e não faz, que abusa da boa vontade, da boa-fé e do dinheiro público...
Quem faz vistas grossas para o erro, por menor que seja...
Quem acredita que para tudo dá-se um jeitinho (o jeitinho brasileiro)!
E quem poderá dar um "jeitinho" nas milhares de mortes violentas ocorridas nesse país?
Quem aliviará a dor de quem perdeu o seu filho, pai, irmão, mãe, amigo?
Quem cuidará do medo?
Não adianta o Governador do Estado lamentar a morte do menino e a ação burra dos policiais do Rio...
Vou me furtar aos comentários sobre a polícia porque tendo à suspeição por ser parte, mas nunca haverei de justificar as ações desastradas, covardes e insanas praticadas por policiais. Não gosto do discurso "vitimizado" de muitos policiais que reclamam de toda e qualquer situação... independente disso, há os que (e são maioria) trabalham de forma competente, com compromisso, legalidade e sobretudo respeito aos cidadãos...
Mas é a minoria que se destaca pelas suas atitudes criminosas e esse é o preço de ser parte do sistema público de segurança...
Um sentimento de vergonha domina a classe policial ante episódios como esses!
Infelizmente, será um caso que deverá ser exemplar e rapidamente punido, nos moldes do João Hélio... mas não acabará com as atrocidades cometidas diariamente contra as pessoas de bem! É o jeito que têm de mostrar que no Brasil as coisas funcionam e a justiça é feita (!)
Que encontrem a paz os pais do menino João! Que busquem força e consolo...
Se isto for possível!

Read Users' Comments (3)

Dando a cara a tapa!

Não concordo com o sistema de cotas...
Já tentei buscar algum elemento que pudesse alterar o meu ponto de vista sobre o tema e não consegui me filiar a nenhum argumento apresentado.
Sou uma defensora da igualdade e concordo com a discriminação positiva, não da forma como tem sido feita (ou pelo menos, tenta-se fazer!).
Acho que a exclusão não pode ser vista somente do ponto de vista racial, porque no meu entender ela é muito mais sócio-econômica... as pessoas são excluídas em função da sua capacidade financeira, dificuldade de acesso e desconhecimento dos direitos.
É essa falta de equilíbrio na distribuição de renda que faz com que os indivíduos não cheguem em condições de igualdade na hora de concorrer a uma vaga.
Existe uma dificuldade imensa em se classificar quem é ou não negro ou indígena nesse país... invariavelmente, muitos serão os que tentarão se beneficiar se declarando negros em razão de ancestralidade e não por aspectos físicos objetivos, principalmente a cor da pele.
E quem poderá determinar se é ou não o indivíduo negro?
Quem se arriscará entrar nessa seara indefinida que é a miscigenação racial no Brasil?
Para a genética, raça humana é um conceito inexistente (Pena; Bortolini, 2004, p. 31) e, segundo estudos 86% da população brasileira apresenta mais de 10% de ancestralidade africana e que 48% dos afro-descendentes brasileiros se classificam como brancos.
Será que os antropólogos poderão determinar esse traço racial pela observação e entrevistas? Ou os psicólogos diagnosticarão o grau de "negritude" presente no conjunto sócio-ambiental de cada indivíduo?
Esse conceito é de uma imprecisão absurda!
Concordo que políticas públicas devem ser adotadas para que a inclusão seja alcançada, mas com distribuição uniforme dos recursos e condições para todos que estejam à margem, propiciando melhor acesso à educação, cultura, saúde, saneamento, lazer, dentre outras.
Assim, deve-se lembrar, quando for discutir incusão social, do sertanejo, do ribeirinho, do morador de aglomerados e de rua... este, independente de cor de pele,estão alijados do processo e sequer têm registro de nascimento em muitos casos!
E também não posso deixar de destacar aquelas pessoas que contrariaram a lógica da sua condição social e alcançaram seu lugar no meio acadêmico ou ingressaram em carreiras públicas promissoras.
Recentemente esteve num programa de TV um rapaz de Pernambuco que não tem geladeira, TV nem condições dignas de habitação e que passou em primeiro lugar para o vestibular de medicina da UEPE... vem estudando com muita dificuldade, mas está firme na sua busca. O irmão dele também é aluno da UFPE...
Para esses, aquela frase clichê cai como luva: "não sabendo que era impossível, foi lá e fez"
E me recordo da amiga Amanda, que largou tudo em Santa Luzia e foi sem qualquer condição econômica, contrariando todas as possibilidades estudar medicina em Roraima, onde se formou e se estabeleceu.
E inúmeros outros casos de pessoas que não se renderam à adversidades e construíram trajetórias de conquistas e sucesso!
Pra mim não dá mesmo...

Read Users' Comments (2)

Feliz Aniversário, Naty!!!

"Você lembra, lembra!
Daquele tempo
Eu tinha estrelas nos olhos
Um jeito de herói
Era mais forte e veloz
Que qualquer mocinho
De cowboy...
Você lembra, lembra!
Eu costumava andar
Bem mais de mil léguas
Prá poder buscar
Flores-de-maio azuis
E os seus cabelos enfeitar...
Água da fonte
Cansei de beber
Prá não envelhecer
Como quisesse
Roubar da manhã
Um lindo pôr-de-sol
Hoje não colho mais
As flores-de-maio
Nem sou mais veloz
Como os heróis...
É! Talvez eu seja
Simplesmente
Como um sapato velho
Mas ainda sirvo
Se você quiser
Basta você me calçar
Que eu aqueço o frio
Dos seus pés..."

Feliz Aniversário!
Não como um dia que indica passagem ou um ano a mais...
Mas como um dia seu!
Para realizar
Para descobrir
Para ser cada vez mais
E se reconhecer nos lugares que te fazem feliz, nas músicas que te encantam e emocionam, nos prazeres do seu cotidiano, no cantinho do seu silêncio!
Que seja cada vez mais encantadora, intensa e verdadeira!
É assim que és especial
Que cativas
Que te tornas sempre mais amiga!
Adoro-te, criatura!
Beijos

Read Users' Comments (2)

Questão de gosto...

A escolha do nome de um filho é algo muito sério!
Por isso acho que exige uma boa dose de responsabilidade dos pais e bom senso do Oficial do Cartório de Registros de Pessoas Naturais.
Os pais têm a liberdade de escolher o nome que quiserem para seus rebentos, mas essa liberdade não é ampla e irrestrita, atualmente os oficiais dos cartórios podem se negar a registrar crianças com nomes que possam expor a pessoa ao ridículo ou gerar constrangimentos futuros... isso será encaminhado para a Justiça e caberá ao Juiz determinar se a criança poderá ou não receber quele nome (ou xingamento!).
Essa "limitação" da liberade dos pais é válida e não considero uma ingerência do Estado na esfera privada, individual de cada cidadão... é questão de princípio!
E acho que quando falamos em constrangimento devemos pensar que isso pode gerar traumas complexos e até irreversíveis em alguns casos.
Pode parecer exagero, mas a pessoa sente vergonha de si mesma por causa de um nome e a reversão disso só ocorrerá após a maioridade mediante processo judicial... após autorizada, começa a batalha por trocar todos os registros e históricos vividos e inaugura-se uma nova trajetória, nasce uma nova pessoa, uma nova identidade!
Meu irmão sempre diz que antes de escolher os nomes dos filhos, os pais deveriam pensar na fase escolar, nas provocações e no sentimento da criança na hora da chamada:
_ Deusarina Vênus de Milus! (esse nome existe, viu?)
Chama a professora.... todos os colegas olham para trás para ver quem é o "ofendido", que se esconde e suporta os risos ora sutis, ora escancarados!
Covardia!
Tem pais que justificam suas escolhas com numerologia, traduções e simbologias das mais diversas... mas isso não pode suplantar a vergonha e constrangimento que o nome gera.
Pior são os que escolhem nomes pavorosos, sem qualquer significado com uma boa dose de ironia ou maldade...
Eis alguns xingamentos:

Alma de Vera
Antonio Dodói
Antonio Manso Pacífico de Oliveira Sossegado
Antonio Melhorança
Antonio Noites e Dias
Antonio Treze de Junho de Mil Novecentos e Dezessete
Benedito Autor da Purificação
Bom Filho Persegonha
Capote Valente e Marimbondo da Trindade
Céu Azul do Sol Poente
Darcília Abraços de Carvalho Santinho
Dezêncio Feverêncio de Oitenta e Cinco
Ernesto Segundo da Família Lima
Farmácio Lopes
Finólila Piaubilina
Gracioza Rodela
Inocêncio Coitadinho
João Cara de José
João Cólica
João da Mesma Data
João Meias de Golveias
João Pensa Bem
Joaquim Pinto Molhadinho
José Casou de Calças Curtas
José Maria Guardanapo
Juana Mula
Lança Perfume Rodometálica da Silva
Leão Rolando Pedreira
Manuel da Hora Pontual
Manuelina Terebentina Capitulina de Jesus Amor Divino
Maria Panela
Maria Passa Cantando
Maria Privada de Jesus
Mário de Seu Pereira
Naida Navinda Navolta Pereira
Napoleão Estado de Pernambuco
Novelo Fedelo
Olinda Barba de Jesus
Pedrinha Bonitinha da Silva
Pedro Bonde
Remédio Amargo
Restos Mortais de Catarina
Rolando Caio da Rocha
Rolando Pela Escada Abaixo
Sossegado de Oliveira
Último Vaqueiro
Um Dois, Três de Oliveira Quatro
Universo Cândido
Veneza América do Recife
Vitória Carne e Osso

Read Users' Comments (5)

Tem uma amiga que diz que computador tem vida própria
E é pirracento e insuportável!
Quando a gente mais precisa não funciona
Os programas que mais usamos dão pau
Internet não funciona (pelos menos os acessos por ora essenciais e indispensáveis!)
Os documentos desaparecem
E ainda ficam lentos!!!
Ajudaê!!!
Eu quero trabalhar!
kkkkkkkkk

Read Users' Comments (5)

Honestamente!

Desta vez não roubei!
Vim provar que meu filhote se parece comigo e aí está!
O Chris sem óculos, olhando para a lente da verdade
E o resultado: 6% a meu favor...
Agora é fato
E contra fatos não há argumentos...
kkkkkkkkkkkkk

Read Users' Comments (4)

Celebrity Collage by MyHeritage

http://www.myheritage.com/collage

MyHeritage: Árvores genealógicas - Genealogia - Celebridades

Read Users' Comments (1)comentários

Meninão

MyHeritage: Árvore genealógica - Genealogia - Celebridade - Collage - Morph

Read Users' Comments (3)

Em homenagem à Naty... crônica do meu irmão sobre a Final da Libertadores

Bom dia a todos da lista futebolística.
Quem não ficou acesso ontem até uma hora da manhã assistindo à final da Libertadores fez muito bem. Eu sei que o celestes tem seus motivos para odiar o Fluminense pelos sapeca-iaiás corriqueiros.
Mas ontem foi triste.
O time de Renato Guadalupe apresentou no decorrer da competição uma relação de magia com a vitória. E ontem conseguiu o empate que lhe daria o título se a regra do jogo não mudasse nas finais. Foi um jogaço como todos os outros. Mas talvez tenha faltado mais paciência e malandragem ao tricolor. Realmente uma pena.
E pênaltis. Já disse uma vez que uma cobrança de pênalti é como um namoro entre a bola e dois pretendentes. O goleiro e o cobrador. E ela se decide sempre a favor daquele que a apaixona. É puro gracejo e esperança. E a bola é quem escolhe qual lado cairá em prantos pela falta de gorjeio...
Mesmo que seja o pranto de milhões. Enquanto ela fica na marca da cal. Os desafiantes se entreolham e ela caprichosamente, como uma moça adolescente, escolhe que destino vai tomar.
Mas chega de volúpia romancista!!!
O que contou foi a catimba do veterano goleiro da LDU que conseguiu apagar a luz do ontem iluminado Thiago Neves. E aí cabe um comentário, o juizão amarelou e prejudicou o tricolor das Laranjeiras ao deixar o arqueiro equatoriano enrolar tanto antes das cobranças.
Conca, Thiago Neves, Washington, Dodô e mais um desses do time que chuta bem ao gol.... Pensava eu antes das cobranças. Talvez o Cícero. Mas acho que dos cinco ele é o que tem mais chance de perder...
Pensava novamente.
Pensei até em conjecturar o seguinte teorema: quantos mais batedores de pênaltis tem um time, melhor ele é.
Bem, ainda sustento a idéia. Porém, vence aquele que converte as cobranças.
E pasmém, acertei a lista (que era previsível) mas errei feio nos acertos. Somente Cícero converteu e os três primeiros atrasaram a bola para o gol. Dodô nem teve sua chance....
Um trauma para o clube e sua torcida, que não é das mais fantásticas (custou a encher o Maraca) mas é até simpática.
Há uma lenda que conta sobre uma final do maior campeoanto do mundo na qual um time sensacional, com o maior atacante de todos os tempos, com uma média de gols inatingível, 10 pontos na frente do segundo colocado, num estádio lotado pela massa mais fanática e com tudo para se tornar campeão perdeu nos pênaltis a disputa de forma terrível. E o goleiro João Leite ainda defendeu dois pênaltis....
Um trauma que o clube e a massa carrega até hoje em forma de nó na garganta. E enquanto ela não escolhe.
Bola pra frente. Parabéns ao time carioca pela excelente campanha e pelo futebol bom de se ver. Mas foi uma pena o que a bola escolheu....
Um grande abraço a todos.

Read Users' Comments (1)comentários

Super Nanny

Eu odeio a Super Nanny!
E agora ainda acredito que ela tem algum poder sobrenatural para domar aqueles meninos insuportáveis que ela visita!
E eu fracasso sempre!
Ontem fui colocar o João para dormir, no berço dele!
Ele sempre dormiu bem e lá, mas há uns 15 dias cismou que tem que adormecer na minha cama e depois o carrego para o berço!
No sábado passado assisti a Super Nanny e resolvi usar a técnica infalível dela
Coloquei no berço, sentei ao lado e fui conversando com ele
Ele pulou, brincou, riu, gargalhou
E eu cantava
E ele começou a se estressar, jogou o travesseiro no chão, queria tirar o lençol
Depois me abraçou, fez carinho, beijou
E eu continuei conversando com ele
Daí ele quis acender a luz e eu não deixei
Ele explodiu!
Chorou horrores
Nesse momento meu estoque lúdico-pedagógico-psicológico-sociológico-antropológico já havia acabado
E nada silenciava aquele menino
Já havia passado mais de 1 hora do início da tentativa
E tudo que eu queria era um botão on/off
O sono dele era visível, mas a sua resistência era louvável!
Quanta persistência!
Iniciou-se o meu processo de derrota
Desci ele do berço
Ele perambulou pelo quarto e alternava choro com risos
Sono clássico
Daí, fui vencida!
Nocauteada, beijei a lona e sem qualquer capacidade ou chance de reação coloquei ele na minha cama e deitei ao seu lado
Ele riu
Alto, sarcástico
Como quem demonstra sua superioridade, força e vitória
Foi um misto de satisfação e glória!
Venci!
E eu vi a pediatra se materializando na minha frente:
"Se você ceder uma vez à pirraça ele perceberá que pode te vencer pelo cansaço e será assim sempre!"
A profecia se cumpriu!
Em cinco minutos ele dormiu! Encantadora e profundamente!
E eu pensando até que ponto vale essa coisa de insistir para que ele durma lá, a custa de todo esse stress, fadiga e cansaço pra ele tembém!
Tive vontade de rasgar os livros de orientação, Revista Crescer e deletar tudo que ensine fórmulas mágicas para educar os filhos!
E queria dar um soco na Super Nanny com sua roupa brega e lencinho no pescoço!
Difícil essa coisa de ser mãe!!!

Read Users' Comments (4)

Sobre a imputabilidade dos índios

Não é bem isso de que índio não pode ser responsabilizado penalmente!
Isso é o antigo entendimento pelo qual os índios estavam apartados da cultura dominante (no caso a nossa perfeita e harmônica cultura social!)...
Só que esse perfil mudou e vem mudando ao longo dos anos: tem índio que não fala português, tem índio universitário e tem índio no meio do caminho...
Definição de Imputabilidade:

"aptidão do ser humano compreender que determinado fato não é lícito e de agir em conformidade com esse entendimento. É imputável a pessoa capaz de entender o caráter ilícito de um fato e determinar-se de acordo com tal entendimento. Segundo Damásio Evangelista de Jesus2, imputável “é o sujeito mentalmente são e desenvolvido, capaz de entender o caráter ilícito do fato e de determinar-se de acordo com esse entendimento”. (Roberto Lemos dos Santos Filho)

Desta forma, não é o fato de ser a pessoa classificada como "índio" pura e simplesmente que vai determinar a sua condição de imputável ou não.
A propósito, se mantida essa idéia, bem como a classificação do índio como relativamente incapaz (CC 1916), estaria demonstrada a discriminação e o reconhecimento da inferioridade do índio como pessoa, tomando-se por base apenas a sua cultura, nesse caso reconhecidamente como inferior à nossa, o que não é verdade.
A Constituição Federal recoinhece a diversidade cultural e ampara esses grupos etnicos tidos como minoria, e essa "inimputabilidade" pode até alcançar alguns comportamentos estranhos aos nossos olhos mas totalmente corriqueiros no conjunto de valores culturais do grupo, o que difere sobremaneira de uma ação criminosa consciente praticada por alguém de certa forma já "aculturada" e que possui a capacidade de reconhecer o caráter ilícito dos seus atos.
Então, caberá ao Ministério Público investigar e requerer os estudos antropológicos que devem concluir pela capacidade ou não do discernimento do índio e ao Juiz pronunciar-se ao final.
Assim, no caso da índia assassinada pela tia (que é uma das esposas do pai da menina e que em tese é como se fosse mãe também, nos moldes similares da Estrutura de Parentesco de Strauss), o motivo é tido como fútil (ciúme), por meio cruel (empalamento) e sem possibilidade de defesa da vítima (paralítica e não falava) e portanto, pode sim ser a índia-tia condenada pela justiça dos brancos!

Read Users' Comments (2)

Adoção!

Ontem assisti no jornal que um homem solteiro ganhou na Justiça o direito à Licença Adotante, abrindo um precedente para que os homens solteiros que adotem uma criança possam gozar do mesmo direito que as mulheres.
O homem adotou uma menina e é pai e mãe, é até bonito de ver ele cuidando da menina, trocando fraldas, fazendo mamadeira, banho, etc...
Adoção é um assunto que me encanta, desde a faculdade, quando participei de um Seminário sobre Adoção...
Ali decidi que gostaria de adotar uma criança... era o meu planejamento já que não pensava em casamento nem filho biológico, mas a vida da gente acaba por seguir rumos diversos à nossa vontade e hoje, apesar do meu desejo em adotar, preciso convencer o meu marido de tal gesto!
Foi o tema da minha monografia de conclusão de curso
E depois da matéria de ontem fiquei pensando nos obstáculos que as pessoas que querem adotar enfrentam...
Quando se é um casal, menos mal...
Mas o grau de exigência tende a ser alto, RN e de preferência crianças brancas
Agora, quando se trata de solteiros (sobretudo homens!) e homossexuais, vixi!
Como tem opositores!
A criança pode sofrer algum tipo de abuso... como se confiar uma menina a um homem!
Quando se é pai biológico e a criança não tem mãe, esse risco em tese não existe, né? Faz-me rir!
Crianças não devem ser criadas por pessoas do mesmo sexo porque isso poderia influenciar seu comportamento futuro!
Fraco esse argumento... se o fato de ser homo ou hetero influenciasse mesmo em alguma coisa, de toda família machista, filhos machos! E a realidade mostra que nem sempre é assim!
E o preconceito que a criança pode sofrer?
Será que viver num abrigo até a maior idade, sem amor, afeto, história, direito a um passeio em final de semana, cinema é melhor do que aprender a superar essas animosidades da vida que acontecem qualquer que seja a situação?
Preconceito é o que permeia essa sociedade, todos os dias as pessoas são vítimas de preconceito e a grande questão é saber transformar esse preconceito em força de vontade para superar as limitações e não se tornar cada vez mais vítimas e se acomodar ou se tornar o eterno coitadinho! O grande lance é saber o que fazer com esse lixo todo!
A principal diretriz da adoção é a disponibilidade do adotante para amar e a do adotado para ser amado! Sim! Por que em sede de maternidade / paternidade não se prioriza a necessidade dos pais, mas a dos filhos!
E é o amor que mantém pais e filhos unidos! E amor independe de laços de consangüinidade!
Tem quem não consiga e não há nada de errado nisso, mas tem muita gente que deseja muito e é impedido por preconceito! E isso acho indamissível!
O processo de adoção é por natureza dolorido para a criança, não deve ser fácil administrar o fato de ter sido abandonado por aqueles que deveriam dar a vida por eles... esse sentimento de rejeição parece não ter cura e a criança adotada tende a testar o limite do amor todos os dias, seja em agressividade ou em comportamentos "rebeldes"...
A Tizuka Yamazaki adotou o filho dela quando ele tinha 11 (onze) anos. Ela conta que por várias vezes ela pensou em devolver a criança (essa possibilidade existe duranet o processo de adoção), mas daí ela se lembrava que esse menino já tinha sido devolvido em três tentativas anteriores e ela pacientemente, com amor, quebrou a resistência dele... é emocionante o depoimento de ambos!
E hoje soube de outro absurdo: a lei não permite a adoção indígenas!
Em nome da moral, dos bons costumes, da boa vontade brasileira...
Milhares de crianças estão nos abrigos à espera de uma família!
Mas tem que ser uma família nos moldes: pai, mãe e cachorro!
Não basta a capacidade e a vontade!
Também não basta amor!

Isso é secundário...

Read Users' Comments (6)

Haja paciência!

Eu não consigo entender essa avaliação positiva do Governo Lula (58%)!
Sério...
Não desce de jeito nenhum! E não tenho vocação para ser militante do PT...
Não concordo com os métodos
E não entendo todos os escândalos serem um a um arquivados!
Isso é igual nota de samba do "Demônios da Garôa":
"Ninguém viu nada
Ninguém sabe de nada"
São nomeações de centenas de servidores sem concurso público (são mais de 40.000 segundo Netlegis), dossiês, malas de dinheiro, dinheiro na cueca, arrecadação tributária récorde... e nada!
Tá certo que tem os programas de inclusão (?) social... mas até que ponto isso é benéfico?
Sei que não é regra e até acredito que existam pessoas que realmente precisam e que fazem bom uso desse dinheiro, mas uma vez ouvi uma mulher dizendo que iria arrumar mais um filho pra aumentar o "Bolsa Família"
Me diz: dá pra criar um filho com R$40,00 / mês?
Se for possível me ensina a fórmula porque eu não consigo!
E mais: não concordo com MST e similares!
Seus métodos são ofensivos à Democracia, são criminosos dilapidando o patrimônio público e privado e saem como manifestantes em defesa de sua causa justa!
Poupe-me dessa hipocrisia!
Quem dos defensores desses movimentos aceitaria passivamente que invadissem e dilapidassem sua propriedade privada?
Todos os cidadãos dessse país se quiserem resolver alguma demanda ou injustiça devem procurar os meios legais para isso...
Por que esses brasileiros podem ganhar no grito e na força?
E tbém não adianta me dizer que nos outros Governos também era assim porque isso é comodismo... as respostas devem ser transparentes, positivas, explicativas e não esse jogo nervoso de poder e blindagem! E mais, não sou filiada a nenhum partido político, antes que me classifiquem como "de Direita".. quero justiça e eficiência, só isso!

Read Users' Comments (3)

Eu bem que falei!!!

Viva a tecnologia que provou de uma vez por todas que o João Carlos se parece comigo!
Eu sabia que nesse menino tinha muito de mim!
Está comprovado ele é 50% minha cara
Cuspida e escarrada!
Meu filho
Parecidíssimo...
Que ninguém mais ouse dizer que é a cara do pai e só!
Cadê a mulher que um dia me disse que ele só poderia parecer com o pai que de mim ele não tinha nada?
Vou imprimir a andar com a prova em mãos!
kkkkkkkkkkk

Read Users' Comments (4)

João Carlos Look-alike Meter

MyHeritage: Árvore genealógica - Genealogia - Celeb - Collage - Morph

Read Users' Comments (3)